06/10/2017 15:55:0098 exibições

União faz cortes no orçamento de 2018 e programas sociais podem ser afetados

Prefeitura Municipal de Barra do Garças - Mato Grosso

Em entrevista coletiva na manhã desta sexta-feira (06) a Secretária de Assistência social de Barra do Garças demonstrou uma preocupação que está atingindo todos os municípios do País. O corte anunciado do Governo federal para os programas sociais, com corte de repasses afetando projetos sociais como Bolsa Família, carteira de idosos, entre outros.

Viviane Sales afirmou que muitas Secretarias estão fechando as portas, “Muitos Municípios estão paralisando as atividades, aqui o Prefeito Roberto Farias resolveu manter e vamos redobrar os esforços porque as pessoas mais carentes é que serão afetadas, muitas, sem ter outra opção, dependem totalmente das ações da Secretaria”, destacou.

Na semana passada foi realizada uma reunião da CIB (Comissão Intergestores Bipartite), no encontro o então secretário da SETAS falou sobre os problemas desse corte de repasses, “Estamos falando de um corte de mais de 90% do orçamento para o social, isso é um prejuízo para a população mais vulnerável de Mato Grosso. Aqui nesta reunião da CIB são mais de 40 municípios em mobilização para que esta diminuição não aconteça”, frisou o atual Secretário Chefe da Casa Civil Max.

A presidente do Colegiado Estadual de Gestores Municipais de Assistência Social (Coegemas-MT), Solange Zago, completou a fala do secretário sobre o corte de gastos do Governo Federal com a assistência social. “Este ato realizado hoje em nível de Brasil tem como objetivo mostrar para o Governo Federal que tem muita gente precisando desse olhar carinhoso, e desse dinheiro. Esta mobilização é para que não tenha retrocesso na assistência social”, ressaltou Solange.

Na coletiva desta manhã a Secretária Municipal falou também sobre a situação das casas do Residencial Carvalho, “Estamos cobrando e o que sempre ouvimos da Superintendência da Caixa que desde o impeachment da Presidenta Dilma os recursos não são enviados, a empreiteira quebrou e estão aguardando a volta dos repasses, que também foram cortados do ‘Minha casa, minha vida’ para fazer uma nova licitação, nosso papel estamos fazendo, que é cobrar”, citou.

Viviane Sales alertou também para que as famílias não invadam o local, “têm pessoas incentivando a invasão de forma irresponsável, pois trará apenas problemas pra quem entrar, serão retiradas e poderão perder benefícios, tomem cuidado com pessoas que querem usá-los para fazer política e depois os problemas ficarão com quem fizer a invasão”, concluiu.

Nos últimos dias um grupo de famílias foram levadas ao local por duas pessoas (um empresário e um ex-candidato a vereador) invadindo o Residencial que está sob responsabilidade da União. A invasão foi denunciada aos órgãos competentes.

Prefeitura Municipal de Barra do Garças • Rua Carajás, 522 • Centro • CEP 78.600-000 • Fone: (66) 3402-2000
Araguaia Networks Designed by André Luiz